5 Coisas sobre os chutes voadores que você precisa saber

InfoTKD

11 MAI 2017

Você sabia que existem 3 tipos de chutes voadores? E quanto ao risco de lesão, já se deu conta de que é maior?

Foram perguntas como estas que nos inspirou aqui no InfoTaekwondo.com a escrever este artigo e compartilhar com nossos queridos leitores. Então vamos ver uma lista de coisas sobre os famosos chutes voadores.

Antes de mais nada é, preciso entender que existem 3 tipos de chutes voadores. O primeiro deles é o chute com salto em distância, que pode ser realizado através de uma corrida antes da técnica ou não. Estes geralmente são usados com técnicas como Timyo Yop Chagi.

O segundo deles é os chutes em altura, que podem ser realizados através de um salto na vertical estando parado, ou correndo antes para isso, já nestes são usados técnicas como Timyo Ap Chagi, Dubal Dang Song Ap Chagi, e o último deles é o chute com rotação, que pode ser realizado parado ou através de um movimento de giro a mais com o corpo, nestes encontramos técnicas como Tolgae , Dwit Chagi, 540° e por ai vai.

Existem ainda os chutes com aberturas que acertam 2 alvos ao mesmo tempo, como é o caso de Timyo Kawi Chagi (uma espécie de chute em formato de tesoura) - a imagem abaixo ilustra melhor.Infotaekwondo - Coisas sobre chutes voadores, taekwondo - #0.1 - kawi chagi - flykick 

1 - Comece pelo básico

Primeiro você tem que ter a noção de qual das técnicas você quer realizar, depois disso, comece o treino, da mesma, sempre pelo básico. E qual é o básico de uma técnica que tem que ser realizada no ar? Simples, treinar no solo. Então vamos supor que você irá treinar uma técnica como 540°. Antes de mais nada, você tem que dominar bem uma técnica como, Tora Huryo ou Momdollyo Chagi, depois tem que ter o Tolgae, em seguida é preciso ter a rotação do corpo e noção de como ele vai ficar durante a fase de voo.Infotaekwondo - Coisas sobre chutes voadores, taekwondo - #1 - basico

2 - É preciso melhorar a força para saltar

Okay! Uma vez que você treinou o básico e já esta saindo do chão para fazer a técnica, é preciso que você entenda que se não aumentar a sua força nas pernas e a força de rotação, você jamais fará a técnica. Então converse com seu instrutor de Taekwondo e peça a ele um treino de força para as pernas e de repente ele te passa um de rotação também. Depois de treinar os dois, perceberá que tudo estará mais fácil.Infotaekwondo - Coisas sobre chutes voadores, taekwondo - #2 - voadora

 





3 - Não esteja acima do peso

Se você está acima do peso, então a coisa vai ser mais difícil para você, bom mesmo é você fazer um trabalho aeróbico e diminuir um pouco. Bom! De uma maneira geral, não é impossível você realizar a técnica estando acima do peso não, você pode, o problema é que, no chão, o peso do seu corpo já esta sobre carregando o seus pobres joelhos, e após você descer (quando realizar um salto) os coitados sofrem o dobro ou mais do impacto sobre eles, então com sobrepeso, você até realiza a técnica, mas ficará "sem joelhos" logo, logo...kkkk - Cuidado! Isso é sério, com joelho não se brinca!Infotaekwondo - Coisas sobre chutes voadores, taekwondo - #3 - sobrepeso

4 - São extremamente difíceis sim!

Bom, não importa qual é a técnica que você esta pensando em realizar no alto. Tenha em sua consciência de que ela é extremamente difícil. Pois estar no ar é completamente fora do "comum humano". Claro que para aquele que já realiza as técnicas, podem pensar que é fácil. Bom, mas na visão de um professor, ele sabe o que é difícil e o que é fácil, e é isso que o diferencia de um colega de treino, certo?!

Então, logo temos que - parecendo fala de matemático isso (rsrsrrs). As técnicas são mais difíceis por exigirem uma percepção e noção espacial maior do que quando em solo, e você deve esta preparado para o impacto de retorno, nem sempre você vai cair certinho, e pode gerar uma torção - dói demais viu - pode até quebrar o pé, ou romper o ligamento do joelho - putz! -. Calma, não precisa se assustar, é isso mesmo, tudo tem um risco.Infotaekwondo - Coisas sobre chutes voadores, taekwondo - #4 - cuidados ao aprender chute

5 - O risco de lesão é maior

Como já estava falando no item anterior, o risco de lesão é, sem dúvidas, maior aqui. Mas o que você precisa ter em consciência é que, ao se lesionar, faça uma pausa, aguarde até que a sua lesão melhore (acompanhamento médico é importante neste momento) e então retorne aos treinos. Um erro muito comum é insistir no treino depois da lesão. O famoso "no pain no gain" - isso é ridículo.

Pensa bem! Você quer realizar o chute no ar, porque vai competir numa competição de chutes que esta próximo? Não?! Okay! Então não tem porque ter pressa. Relaxe! Descanse e volte a treinar. E ah! Não pense que porque ficou parado enquanto estava lesionado que o que você aprendeu já era. Isso é igual a andar de bicicleta, depois que vai aprendendo, não esquece mais - claro que a prática leva a perfeição.Infotaekwondo - Coisas sobre chutes voadores, taekwondo - #5 pratica de chutes voadores