Veja a trajetória do TAEKWONDO nas olimpíadas, em 7 curiosidades

InfoTKD

1 AGO 2016

As Olimpíadas estão começando, neste dia 5 de agosto às 18h acontecerá no maracanã a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio2016.

As olimpíadas é o maior evento multiesportivo do mundo, onde são reunidos os melhores atletas de todos os tempos, em diversas modalidades. Embora seu início data em 776 a.c na Grécia, os Jogos Olímpicos da era moderna é, datado em 1796 tendo reiniciado na França. O Taekwondo faz parte desta, que é a maior festa esportiva do mundo, e o InfoTaekwondo.com trouxe a você, a trajetória da modalidade, para saber sobre sua inserção nos Jogos.

1. Taekwondo em 1988 - Jogos Olímpicos de Seoul/Coréia

No ano de 1988 o Taekwondo participa em Seoul/Coréia do Sul, de uma apresentação para os Jogos Olímpicos, marco este que, o colocaria mais tarde dentro das disputas por medalhas no, maior evento esportivo do mundo e que, mudaria de vez, o rumo de sua história. Em 1992 o Taekwondo repetiu o fato de apresentar-se nos olimpíadas em Barcelona na Espanha.

InfoTaekwondo - Historia do Taekwondo nas olimpíadas - Seoul 1992

2. No ano 2000 - Jogos Olímpicos de Sydney/Austrália

Foi neste ano que o Taekwondo começou a contar medalhas para os Jogos Olímpicos de verão. Sydney marca a história do Taekwondo de uma vez por todas. Com apenas 18 países na disputa por medalhas o Taekwondo se estabeleceu em 2000, se tornando de fato um esporte olímpico.

InfoTaekwondo - Historia do Taekwondo nas olimpíadas - Sydney 2000

3. Em 2004 - Jogos de Atenas/Grécia

Na Grécia (berço dos Jogos) o Taekwondo vem para sua segunda participação oficial em olimpíadas, desta vez trazendo, 60 países diferentes, entre eles a segunda participação do Brasil no Taekwondo, onde a Atleta Natália Falavigna e Diogo Silva conquistaram o 4 lugar, para o Brasil, nos Jogos Olímpicos.

InfoTaekwondo - Historia do Taekwondo nas olimpíadas - Atenas 2004



4. Em 2008 - Jogos de Beijin/China

Nesta olimpíadas, na China, o Taekwondo já tem mudanças nas regras, passando a dar maior ênfase em chutes giratórios e chutes na cabeça, onde estes golpes passaram a valer mais pontos para os atletas. A atleta Natália Falavigna, que estava disputando pela segunda vez uma olimpíadas, conquistou medalha de bronze, sendo ela a única, atleta do Brasil, que já conquistou uma medalha olímpica dentro da modalidade.

InfoTaekwondo - Historia do Taekwondo nas olimpíadas - Pequim 2008

5. Em 2012 - Jogos de Londres/Inglaterra

A partir daqui, mais mudanças ocorreram no Taekwondo. A chegada dos coletes eletrônicos, onde os pontos no colete passaram a serem feitos de forma automática, através do contato entre a meia eletrônica (no pé do atleta) e o colete eletrônico, assim, os pontos não dependiam, inteiramente, do julgamento dos árbitros, tornando o sistema de pontuação mais eficaz. O melhor resultado do Brasil nesta foi com o Atleta Diogo Silva que ficou em 5 lugar.

InfoTaekwondo - Historia do Taekwondo nas olimpíadas - Londres 2012

6. Em 2016 - Jogos do Rio/Brasil

Para a sua 5ª participação em jogos olímpicos, o Taekwondo já vem com mais inovações, trazendo a estréia dos capacetes eletrônicos em Jogos Olímpicos, assim como os coletes, os capacetes também serão eletrônicos, ou seja, ao contato da meia (no pé do atleta) os pontos serão marcados automaticamente. Lembrando que outras alterações nos pontos também ocorreram como o chute giratório que passou a valer o mesmo tanto de pontos que um na cabeça(3pts), exceto se o chute na cabeça for giratório que vale mais (4pts).

InfoTaekwondo - Historia do Taekwondo nas olimpíadas - Rio 2016

7. Em 2020 - Jogos de Tokyo/Japão

O que? Nem passou o do Rio2016 e vocês já vão falar de 2020?! É isso mesmo. Mas não necessariamente dos Jogos Olímpicos e sim dos Paralímpicos que acontecem próximos um do outro. A WTF (Federação Mundial de Taekwondo) já confirmou que teremos o para-taekwondo nos Jogos Paralímpicos de Tokyo em 2020. Especulasse ainda, a possibilidade de mais novidades e outras categorias na modalidade.

InfoTaekwondo - Historia do Taekwondo nas olimpíadas - Tokyo 2020